Selecione a Empresa:

Avança Maranhão: entidades empresariais apoiam empresas no Maranhão

São 74 ações e um aporte de quase R$ 30 milhões até dezembro de 2020.

A pandemia de COVID-19 trouxe muitos impactos para os diversos setores produtivos da economia e, consequentemente, atingiu o emprego e a renda de milhares de trabalhadores.

Neste momento em que medidas precisam ser tomadas para minimizar os efeitos da pandemia e promover a retomada da economia e do desenvolvimento do estado, entidades empresariais do Maranhão elaboraram o Avança Maranhão, um Plano de Retomada das Atividades Econômicas, que atenderá cerca de 4.780 empresas, de todos os segmentos de atividade, e beneficiará mais de 152.000 trabalhadores até dezembro de 2020.

A Dimensão Engenharia foi uma das empresas que já foram alcançadas pelo Programa Avança Maranhão, lançado em meados de agosto. As primeiras ações corresponderam a entrega de cestas básicas, vacinação e palestras sobre a Covid-19 para os 228 trabalhadores das obras de dois dos empreendimentos da construtora, o 3D Towers Residence e o Cortina D’Ampezzo.

Para o presidente do Grupo Dimensão, Antônio Barbosa de Alencar, a iniciativa privada entendeu a necessidade de unir forças para colocar a economia, o emprego e a renda nos trilhos novamente.

“É fundamental esse apoio depois do período mais crítico. Todos nós estamos enfrentando dificuldades para retomar as atividades e manter nossos colaboradores e suas famílias em segurança. Acredito que unir forças foi uma forma inteligente de diminuir os impactos dessa crise sanitária”, pontuou Antônio Barbosa.

Avança Maranhão

O Programa Avança Maranhão contempla um total de 74 ações, que se destinam às empresas e/ou trabalhadores mobilizados pelas entidades de classe, são elas: empresas associadas às entidades e/ou aos sindicatos filiados; micro, pequenas e médias empresas; empresas do Programa de Fornecedores do Maranhão (PDF/MA); trabalhadores empregados e desempregados; microempreendedores individuais – MEI; produtores rurais e unidades e profissionais de saúde.

A Associação Comercial do Maranhão (ACM), a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema), o Sistema Fecomércio, o Sistema FIEMA e o Sebrae, que são as entidades que integram esta causa, vão utilizar toda sua expertise no atendimento às demandas das empresas, ofertando orientações técnicas, garantindo o fornecimento de equipamentos de proteção – EPI’s (como máscaras, sanitizantes, álcool em gel), insumos e suporte que possam ajudar na superação das principais dificuldades deste momento, contribuindo também para a prevenção à pandemia e recuperação do dinamismo da economia local.

A iniciativa também chamou atenção para o cuidado e o compromisso que todos devem ter com a segurança. O sucesso da reabertura das atividades econômicas dependerá da compreensão, por todos, que a segurança de cada um é resultado de um trabalho coletivo.

As ações são focadas em seis eixos – Apoio às Empresas, Tecnologia e Inovação, Emprego e Renda, Apoio Emergencial: agenda urgente, Educação Profissional e Comunicação – e representam um aporte de quase R$ 30 milhões, entre investimento próprio e recursos captados junto a parceiros.

A capital maranhense, São Luís, e demais municípios onde as entidades participantes possuem unidades regionais ou escritórios são os territórios abrangidos pela iniciativa.

Newsletter

Assine nosso boletim e receba informações sobre nossos produtos e serviços.

Olá, como podemos ajudar?
Powered by